31-05-2021

Início das Visitas Guiadas “As Nossas Pedras Milenares”


De manhã, cumprindo as regras da DGS e depois da visita à Catedral do Neolítico - o Dólmen de Antelas, o grupo iniciou a caminhada de 7 km à descoberta do rico património ao longo do trilho.

 

Depois da passagem pela aldeia de Antelas para conhecer alguns dos seus locais mais emblemáticos, como a Quelha da Laje, a Fonte Velha, a Casa Grande ou a Capela da Sr.ª da Boa Morte; tempo para percorrer parte do Perímetro Florestal da Pedra da Broa.

Nesta área florestal gerida pelo ICNF em parceria com Freguesia de Pinheiro e as Associações de Compartes dos Baldios Nespereira/Prova e Santa Cruz Porcelhe, está localizada uma necrópole composta por diversos monumentos funerários de diferentes cronologias e tipologias.

 

Destacam-se as 11 mamoas do Bronze visitadas, que refletem mudanças nos rituais funerários e que estão localizadas na sua maioria no alto das cumeadas. O seu notável enquadramento paisagístico é em grande parte explicado por uma ligação entre os povoados e os monumentos funerários – a intervisibilidade entre o “mundo dos vivos” e o “mundo dos mortos”.

 

Outros sítios arqueológicos foram também visitados, como o Afloramento Monumentalizado (local votivo e cerimonial) e o Afloramento com covinhas (lajes decoradas com algumas dezenas de covinhas de difícil datação e interpretação).

Fenómeno geológico interessante, o Geossítio “Filões de Quartzo” foi também visitado pelos participantes.

 

Este projeto foi implementado com o intuito de dar conhecer todos estes sítios históricos, arqueológicos e geológicos; contribuindo ao mesmo tempo para a sensibilização das populações para a importância da sua salvaguarda.

 

Em junho, em data a anunciar, voltaremos à Pedra da Broa para uma nova Visita Guiada “As Nossas Pedras Milenares”.

 

Para marcação de outros grupos, podem contatar 961 786 064 ou [email protected]


Partilhe: